• Itaúna: 37 3242.1797Divinópolis: 37 3216.3806
  • Área do Candidato:

PARECERES DOS RECURSOS CONTRA A REDAÇÃO - CONSELHEIROS TUTELARES - ITAUNA 2019- DIVULGADO EM 30/08/2019





PROCESSO DE ESCOLHA DE CONSELHEIROS TUTELARES

ITAÚNA – MG

ANO: 2019


RESPOSTAS AOS RECURSOS IMPETRADOS

CONTRA A REDAÇÃO

 

REQUERENTE: Ana Luísa Silva Gomes

RESULTADO DA ANÁLISE: Recurso Indeferido

JUSTIFICATIVA:

 

Trata-se de recurso formulado pela candidata ao cargo de membro do Conselho Tutelar no qual, solicita anulação da prova de redação, referente Concurso para Conselheiros Tutelares de Itáuna/MG, edital 0001/2019.

O recurso da candidata não se refere aos critérios de avaliação da prova de redação, fazendo apontamento sobre as regras e a legalização do certame.

Sendo assim, o recurso não será reconhecido, devendo a candidata valer da via adequada para discussão da questão.

Com essas considerações, conclui-se pelo INDEFERIMENTO do recurso interposto.

REQUERENTE: Jordana Nogueira Duarte

RESULTADO DA ANÁLISE: Recurso Indeferido

JUSTIFICATIVA:

 

Trata-se de recurso formulado pela candidata ao cargo de membro do Conselho Tutelar no qual solicita anulação do prova de português e redação, referente Concurso para Conselheiros Tutelares de Itáuna/MG, edital 0001/2019.

O recurso da candidata não se refere aos critérios de avaliação da prova de redação, bem como da prova objetiva de língua portuguesa, fazendo apontamento sobre as regras e a legalização do certame.

Sendo assim, o recurso não será reconhecido, devendo a candidata valer da via adequada para discussão da questão.

Com essas considerações, conclui-se pelo INDEFERIMENTO do recurso interposto.

 

REQUERENTE: Marcela Luiza da Silva 

RESULTADO DA ANÁLISE: Recurso Indeferido

JUSTIFICATIVA:

 

Trata-se de recurso formulado pela candidata ao cargo de membro do Conselho Tutelar no qual solicita revisão do conteúdo da prova objetiva, inclusive da atribuição de efeitos eliminatórios/classificatórios às disciplinas exigidas no  Concurso para Conselheiros Tutelares de Itáuna/MG, edital 0001/2019.

Sustenta, em suma, que o item somente a prova de conhecimentos específicos sobre o direito da criança e do adolescente poderia possuir caráter eliminatório, o qual não poderia ser atribuído à avaliação nas demais disciplinas exigidas, no caso o português.

Observa-se, pois, que a impugnação da autora não se refere aos critérios de correção da prova objetiva ou à nota a ela atribuída, referindo-se unicamente elementos atinentes ao edital e ao critério eliminatório atribuído às disciplinas do certame.

Entretanto, a discussão apresentada não é pertinente para o momento, devendo a autora valer-se do recurso adequado para impugnar o Edital do certame, situação que impõe o NÃO CONHECIMENTO DO RECURSO.

Por fim, convém destacar que o provimento do cargo de Conselheiro Tutelar  se obtêm por meio de eleição. Daí que a autorização legal  para a realização de provas/testes para apurar se os candidatos possuem as habilidades e conhecimentos básicos para o exercício do cargo (art. 139 da Lei 8.069/1990 c/c art. 12 da Resolução nº 170/2017 do CONANDA), somente poderia se revestir de caráter eliminatório, porque atingida a pontuação mínima exigida no edital, o candidato estará apto a registrar sua candidatura, pouco importando o valor da nota obtida (prova classificatória).

Com essas considerações, conclui-se pelo INDEFERIMENTO do recurso interposto.

REQUERENTE: Marcela Luiza da Silva 

RESULTADO DA ANÁLISE: Recurso Indeferido

JUSTIFICATIVA:

 

Trata-se de recurso formulado pela candidata ao cargo de membro do Conselho Tutelar no qual solicita revisão da nota da prova de redação, referente Concurso para Conselheiros Tutelares de Itáuna/MG, edital 0001/2019.

De acordo o MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDENCIA  e acordo  com o EDITAL , apresentam-se as justificativas  para a nota  da prova de redação da candidata MARCELA LUZA DA SILVA:

 

“4.2 REDAÇÃO

 

4.2.1 A redação deverá evidenciar o domínio da linguagem, através da elaboração de um memorando:

 

Pontuação, ortografia e apresentação (legibilidade, respeito às margens e indicação de parágrafos) – (PO) 4,0 pontos 0,25 ponto)  NOTA : 3,00

 

Morfossintaxe (morfologia e sintaxe) – (M) 4,0 pontos 0,25 ponto)  NOTA :  3,00

 

Seleção vocabular( adequação vocabular e adequação à situação linguística e ausência de marca da oralidade) – (SV) 2,0 pontos 0,50 ponto)  NOTA :  2,0

 

Coesão e coerência (conexão e relação lógica entre as ideias, assim como sua distribuição entre as partes do texto) – (CC) 5,0 pontos 1,0 ponto NOTA :  5,0

 

Compreensão e conhecimento do conteúdo proposto (relevância e propriedade de resposta à temática e ao tipo de gênero textual solicitado) – (CP) 5,0 pontos 1,0 ponto NOTA : 5,0

 

TOTAL 20 pontos”NOTA :  18,00

 

Pontuação, ortografia e apresentação (legibilidade, respeito às margens e indicação de parágrafos) – (PO) 4,0 pontos 0,25 ponto)

 

· Finalização da data distante da margem direita

 

· Ausência da margem esquerda =03 centímetros  .

 

· Ausência direta =1,5 centímetros. 

 

· A proposta de redação é elaborar um memorando , ou seja, uma comunicação interna  entre pessoas de um estabelecimento.Note que não fiou claro quem é o signatário nem o cargo ocupado.

 

04 ERROS            Nota:3,00  em       4,0

Morfossintaxe (morfologia e sintaxe) – (M) 4,0 pontos 0,25 ponto

 

 

· “à Escola” – da Escola – porque está implícita a palavra “oitiva”

 

· - A frase está na ordem indireta (parágrafo III),  o sujeito da locação verbal  está posposto, necessitando por isso de vírgula “o responsável”

 

· O parágrafo III está extenso, sem pontuação, o que ocorria a diminuição de pontos, ideias aglutinadas, não havendo necessidade da palavra “a”, antes da palavra “manter” e também, ausência de vírgula após a palavra “também”

 

· No primeiro parágrafo, houve ausência de informação: objetividade  em relação ao fato sugerido, “ocorrência de maus tratos a criança de 6 anos praticado pelo responsável e medidas adotadas”.

 

04 ERROS            Nota:3,0     em       4,0

 

Seleção vocabular( adequação vocabular e adequação à situação linguística e ausência de marca da oralidade) – (SV) 2,0 pontos 0,50 ponto

 

00 ERRO           Nota:2,0     em       2,0

 

Coesão e coerência (conexão e relação lógica entre as ideias, assim como sua distribuição entre as partes do texto) – (CC) 5,0 pontos 1,0 ponto)

 

 

00 ERROS            Nota:5,0     em       5,0

 

Compreensão e conhecimento do conteúdo proposto (relevância e propriedade de resposta à temática e ao tipo de gênero textual solicitado) – (CP) 5,0 pontos 1,0 ponto

 

 

00 ERRO           Nota:5,0     em       5,0

Nesse contexto, resta comprovado que foram seguidas as regras do edital de convocação do concurso para a correção da redação.

Com essas considerações, conclui-se pelo INDEFERIMENTO do recurso interposto.

 

 

REQUERENTE: Talita Nara Alves

RESULTADO DA ANÁLISE: Recurso Indeferido

JUSTIFICATIVA:

 

Trata-se de recurso formulado pela candidata ao cargo de membro do Conselho Tutelar no qual solicita anulação da prova de redação, referente Concurso para Conselheiros Tutelares de Itáuna/MG, edital 0001/2019.

Sustenta, em suma, que o item 2.4 do referido edital previa o limite mínimo de 15 linhas para a elaboração da redação, todavia, no caderno de resposta contava a exigência de 20 linhas, razão pela qual requer a anulação da prova de redação, com a atribuição da nota total da questão em sua pontuação.

Observa-se, pois, que a impugnação da autora não se refere aos critérios de correção da redação ou à nota a ela atribuída, referindo-se unicamente à divergência entre o número de linhas exposto no edital e no caderno de resposta.

Pois bem. Conforme se infere do caderno de redação foi proposto ao candidato:

· Elabore um MEMORANDO.

· Assunto: “Comunicar ao Presidente do Conselho ocorrência de maus tratos a criança de 6 anos praticado pelo responsável e medidas adotadas”. (mínimo vinte linhas).

· Redação será corrigida conforme edital

Daí observa-se que houve expressa referência à observância das regras do edital no que se refere a forma de correção da prova escrita, em que pese, o erro material na descrição do mínimo de linhas exigido.

Em atenção ao disposto no edital, a comissão examinadora na correção da redação, considerou o mínimo de 15 linhas para fins de atribuição das notas obtidas pelos candidatos.

O fato é confirmado pela análise do espelho de resposta da própria recorrente, no qual se observa que o texto do memorando por ela elaborado, atingiu o mínimo de 15 linhas e isso não motivou qualquer desconto de pontuação.

Nesse contexto, resta comprovado que foram seguidas as regras do edital de convocação do concurso, não existindo qualquer prejuízo aos candidatos.

Com essas considerações, conclui-se pelo INDEFERIMENTO do recurso interposto.

 

REQUERENTE: Talita Nara Alves

RESULTADO DA ANÁLISE: Recurso Indeferido

JUSTIFICATIVA:

 

Trata-se de recurso formulado pela candidata ao cargo de membro do Conselho Tutelar no qual solicita revisão da nota da prova de redação, referente Concurso para Conselheiros Tutelares de Itáuna/MG, edital 0001/2019.

 

De acordo  o MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDENCIA  e acordo  com o EDITAL , apresentam-se as justificativas  para a nota  da prova de redação da candidata TALITTA NARA ALVES:

 

“ 4.2 REDAÇÃO

 

4.2.1 A redação deverá evidenciar o domínio da linguagem, através da elaboração de um memorando:

 

Pontuação, ortografia e apresentação (legibilidade, respeito às margens e indicação de parágrafos) – (PO) 4,0 pontos 0,25 ponto)  NOTA :  1,75

 

Morfossintaxe (morfologia e sintaxe) – (M) 4,0 pontos 0,25 ponto   )  NOTA :  3,5

 

Seleção vocabular( adequação vocabular e adequação à situação linguística e ausência de marca da oralidade) – (SV) 2,0 pontos 0,50 ponto   )  NOTA :  2,0

 

Coesão e coerência (conexão e relação lógica entre as ideias, assim como sua distribuição entre as partes do texto) – (CC) 5,0 pontos 1,0 ponto  NOTA :  3,0

 

Compreensão e conhecimento do conteúdo proposto (relevância e propriedade de resposta à temática e ao tipo de gênero textual solicitado) – (CP) 5,0 pontos 1,0 ponto  NOTA :  4,0

 

TOTAL 20 pontos”   NOTA :  16, 25

 

Pontuação, ortografia e apresentação (legibilidade, respeito às margens e indicação de parágrafos) – (PO) 4,0 pontos 0,25 ponto)

 

· Finalização da data distante da margem direita

 

· Ausência da margem esquerda =  03 centímetros  .

 

· Ausência direta =  1,5 centímetros. 

 

· Não foi dado o devido espaçamento para a  citação do assunto. ( ERRO NÃO COMPUTADO)

· ADOLESCENTE – escrito com letra minúscula

 

· Ausência de vírgula após a palavra “ALGUMA”

 

· Ausência de virgula após a palavra “ TAMBÉM”

 

· Foi usada letra minúscula para introduzir o assunto. ( erro não computado na primeira correção)

 

· A proposta de redação é elaborar um memorando , ou seja, uma comunicação interna  entre pessoas de um estabelecimento. Note que não ficou claro quem é o signatário nem o cargo ocupado.

 

· No cabeçalho, faltaram itens com número, ano e sigla da instituição após a palavra “memorando” presente no cabeçalho, como no exemplo a seguir:

                       “Memorando Nº 10.457/2018/MDH”

 

· Ausência do vocativo: não houve a colocação do pronome de tratamento referindo ao presidente.

11 ERROS            Nota:   1,75     em       4,0

Morfossintaxe (morfologia e sintaxe) – (M) 4,0 pontos 0,25 ponto

 

· A colocação do destinatário também ficou a desejar porque  não especificou o tipo de “conselho “  e não citou o nome do suposto Presidente.

 

· Maus tratos PRATICADOS  - concordância nominal

 

02 ERROS            Nota:   3,5     em       4,0

 

Seleção vocabular( adequação vocabular e adequação à situação linguística e ausência de marca da oralidade) – (SV) 2,0 pontos 0,50 ponto

 

00 ERRO           Nota:   2,0     em       2,0

 

Coesão e coerência (conexão e relação lógica entre as ideias, assim como sua distribuição entre as partes do texto) – (CC) 5,0 pontos 1,0 ponto)

 

· No primeiro paragrafo, houve ausência de informações: Comunico a quem? 

 

· No segundo, parágrafo, houve uma argumentação desnecessária, uma vez que  num memorando deve-se priorizar  a objetividade. Esse fato , não foi punido na presente redação. O “X “ colocado na margem direita foi um lembrete para ausência de margens.

 

02 ERROS            Nota:   3,0     em       5,0

 

Compreensão e conhecimento do conteúdo proposto (relevância e propriedade de resposta à temática e ao tipo de gênero textual solicitado) – (CP) 5,0 pontos 1,0 ponto

 

· O assunto do memorando foi  parcialmente atendido, uma vez que a candidata fez o comunicado de maus tratos a criança de 6 anos ao Presidente do Conselho MAS NÃO CITOU AS MEDIDAS  TOMADAS PARA AVERIGUAÇÃO DO REFERIDO FATO. 

 

01 ERRO           Nota:   4,0     em       5,0

 

Nesse contexto, resta comprovado que foram seguidas as regras do edital de convocação do concurso para a correção da redação.

Com essas considerações, conclui-se pelo INDEFERIMENTO do recurso interposto.

 

REQUERENTE: Wanderssu Christian Pereira Lage

RESULTADO DA ANÁLISE: Recurso Indeferido

JUSTIFICATIVA:

 

Trata-se de recurso formulado pela candidata ao cargo de membro do Conselho Tutelar no qual solicita revisão da nota da prova de redação, referente Concurso para Conselheiros Tutelares de Itáuna/MG, edital 0001/2019.

De acordo o MANUAL DE REDAÇÃO DA PRESIDENCIA  e acordo  com o EDITAL , apresentam-se as justificativas  para a nota  da prova de redação do candidato WANDERSSU CHRISTIAN PEREIRA LAGE:

 

“ 4.2 REDAÇÃO

 

4.2.1 A redação deverá evidenciar o domínio da linguagem, através da elaboração de um memorando:

 

Pontuação, ortografia e apresentação (legibilidade, respeito às margens e indicação de parágrafos) – (PO) 4,0 pontos 0,25 ponto)  NOTA :  0,0

 

Morfossintaxe (morfologia e sintaxe) – (M) 4,0 pontos 0,25 ponto   )  NOTA :  0,0

 

Seleção vocabular( adequação vocabular e adequação à situação linguística e ausência de marca da oralidade) – (SV) 2,0 pontos 0,50 ponto   )  NOTA :  1,0

 

Coesão e coerência (conexão e relação lógica entre as ideias, assim como sua distribuição entre as partes do texto) – (CC) 5,0 pontos 1,0 ponto  NOTA :  0,0

 

Compreensão e conhecimento do conteúdo proposto (relevância e propriedade de resposta à temática e ao tipo de gênero textual solicitado) – (CP) 5,0 pontos 1,0 ponto  NOTA :  2,0

 

TOTAL 20 pontos”   NOTA :  3,0 em  20,0

 

Pontuação, ortografia e apresentação (legibilidade, respeito às margens e indicação de parágrafos) – (PO) 4,0 pontos 0,25 ponto)

 

· Não houve respeito ao uso de margens e espaçamentos

 

· Legibilidade ruim

 

· Paragrafação e distribuição de ideias a desejar

 

 

· Muitos problemas relacionados a pontuação

 

 

· No cabeçalho, faltaram itens com numero, ano e sigla da instituição após a palavra “memorando” presente no cabeçalho, como no exemplo a seguir:

                       “Memorando Nº 10.457/2018/MDH”

 

 

· Ausência do vocativo: não houve a colocação do pronome de tratamento referindo ao presidente.

Nota  0     em       4,0

 

Morfossintaxe (morfologia e sintaxe) – (M) 4,0 pontos 0,25 ponto

 

· Valera ( linha 02)

· Esta situação ser informada  ( concordância verbal) 

· Outros problemas em consequência da ilegibilidade da letra.

 

          Nota: 0   em       4,0

 

Seleção vocabular( adequação vocabular e adequação à situação linguística e ausência de marca da oralidade) – (SV) 2,0 pontos 0,50 ponto

 

00 ERRO           Nota:   2,0     em       2,0

 

Coesão e coerência (conexão e relação lógica entre as ideias, assim como sua distribuição entre as partes do texto) – (CC) 5,0 pontos 1,0 ponto)

 

· Linha 03. Sofria ( quem) faltou elemento de coesão textual

· Sofria / sofrida  ( problema de coesão textual)

 

· Houve uma argumentação desnecessária, uma vez que  em um memorando deve-se priorizar  a objetividade.

 

· Distribuição das partes do texto de forma irregular

Nota:   0     em       5,0

 

Compreensão e conhecimento do conteúdo proposto (relevância e propriedade de resposta à temática e ao tipo de gênero textual solicitado) – (CP) 5,0 pontos 1,0 ponto

 

O candidato apesar de ter sido fiel ao tema  e a alguns itens de pontuação, ortografia, coerência, obteve nota 0,00, pois   não atendeu às características do gênero textual “Memorando” .

 

Nesse contexto, resta comprovado que foram seguidas as regras do edital de convocação do concurso para a correção da redação.

 

Com essas considerações, conclui-se pelo INDEFERIMENTO do recurso interposto.

Consult Desenvolvimento Organizacional
2008-2019 | Todos os direitos reservados.

  • Onde estamos:

  • Itaúna

    Av. Miguel Augusto Gonçalves, 1530
    Centro - Minas Gerais
    Telefone: 37 3242.1797
    Telefone: 37 3242.1566

    Divinópolis

    Av. 1. Junho, nº 200 - Sala 703
    Centro - Minas Gerais
    Telefone: 37 3216.3806
    Telefone: 37 99114.4201
Contato: